comprar ou alugar imóvel

Comprar ou alugar imóvel? 3 dicas para fazer a melhor escolha!

Muitas pessoas têm dúvidas na hora de tomar a decisão entre comprar ou alugar um imóvel, e isso se deve principalmente ao fato de que esse bem de alto valor compromete uma significativa parcela da renda. Portanto, é crucial avaliar todos os fatores envolvidos em cada alternativa.

Ao comprar, você usufrui de um rápido retorno, mas o valor de investimento pode ser bem alto. Já no aluguel de um apartamento, o processo é muito mais rápido e simples, porém tudo o que foi investido ficará para o proprietário, o que pode ser desvantajoso dependendo do tempo que você pretenda permanecer no local.

Para facilitar a sua decisão, preparamos este conteúdo sobre o que levar em conta na hora de escolher entre comprar ou alugar um imóvel. Continue a leitura do artigo para saber mais sobre o assunto!

1. Avalie sua situação financeira

Não há dúvida de que comprar um imóvel à vista é muito mais vantajoso do que se comprometer com um financiamento com juros exorbitantes que pode levar décadas para ser inteiramente pago. Porém, essa não é a realidade de grande parte da população do país.

Portanto, se você está em dúvida entre comprar ou alugar um imóvel, é fundamental que analise a sua situação financeira atual e faça projeções a fim de saber se terá como arcar com todas as despesas inclusas na compra. Caso contrário, o aluguel será a alternativa mais adequada para este momento de sua vida.

2. Analise o cenário econômico do país

Bons investidores sabem que existem momentos mais ou menos adequados para realizar determinadas aquisições financeiras, como a compra de um imóvel. A situação econômica de um país, assim como a projeção de um cenário financeiro com base em acontecimentos políticos, socioeconômicos e estruturais, são fatores de peso.

Por exemplo, embora o ano de 2020 tenha sido complicado para diversos segmentos por conta das medidas de isolamento social e o fechamento do comércio, foi um dos melhores anos para investir na compra de imóveis, visto que a Taxa Selic esteve em seu valor mais baixo dentro das últimas décadas, o que reduziu significativamente os juros em financiamentos imobiliários.

3. Considere o seu momento de vida

Além das questões citadas, é muito importante levar em consideração o atual momento de sua vida e de que forma ele impactará se você tomar decisões que comprometam a médio e longo prazo.

Por exemplo, se você está em busca de se estabilizar na carreira e almeja criar raízes em uma cidade específica, essa pode ser a hora ideal para investir no imóvel próprio. Mas, se sua profissão exige que você tenha uma vida corrida e precise se mudar frequentemente, talvez seja interessante se manter no aluguel em vez de assumir um compromisso de alto valor e longa duração.

Como você percebeu neste conteúdo, tomar a decisão entre comprar ou alugar um imóvel exige que uma série de fatores cruciais sejam cuidadosamente avaliados, como a situação econômica do país, sua realidade financeira, além do momento em que você se encontra na vida e seus planos a médio e longo prazo.

Este conteúdo sobre como escolher entre comprar ou alugar um imóvel foi útil para você? Então, não deixe de conferir também o nosso post sobre como funciona a valorização de um imóvel!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.