lance do consórcio

O que você precisa saber sobre o lance do consórcio?

Como todos sabemos, toda modalidade de compra conta com suas próprias características e vantagens. Por isso, criamos este conteúdo especial sobre o assunto. Afinal de contas, você sabe o que é e para que serve o lance do consórcio?

Se não, sem problemas! A nossa missão é justamente apresentar o conceito dessa ferramenta, demonstrando a importância desse recurso para encurtar o prazo da sua contemplação — o que vale para todos os tipos de consórcio. Então, não perca tempo e acompanhe!

O que é o lance do consórcio?

Os consórcios apresentam um funcionamento diferenciado no mercado. Basicamente, trata-se de uma modalidade de financiamento coletivo, em que vários consorciados participam de um grupo e fazem as suas contribuições mensais.

A cada mês, assembleias são realizadas, que servem para escolher os novos contemplados do mês. A contemplação é a concessão da carta de crédito, um documento que carrega o valor nominal que o consumidor pode utilizar para comprar o bem desejado.

Nos consórcios, tanto de veículos como de imóveis, a contemplação pode acontecer de três maneiras:

  • sorteio — o número do consorciado é sorteado;
  • quitação — o consorciado quita a totalidade do valor de seu consórcio;
  • lance — o consorciado antecipa a contemplação, oferecendo o maior lance em uma das assembleias mensais.

Assim como nos leilões, os lances são ofertas de valor, em que quem dá mais ganha. No consórcio, basicamente, o consorciado que oferecer o maior lance em uma assembleia mensal ganha o direito de ser contemplado com a carta de crédito, antecipando a aquisição do bem desejado.

Quais são os principais tipos de lance?

Diferentes consorciadoras podem utilizar novos tipos de lance, além dos tradicionais. Mas, aqui, vamos focar apenas nos dois principais: o lance livre e o lance fixo. Como indica o nome, o lance livre é uma oferta sem valor determinado, em que o consorciado quita qualquer percentual do seu consórcio.

Para vencer em uma disputa de lance livre, basta ter quitado o valor maior. Por exemplo, se você oferece R$15 mil como um lance livre, e o segundo concorrente, R$14.500, você será contemplado, pois ofereceu o lance maior.

Já o lance fixo é uma oferta de valor predeterminado, normalmente definida no próprio contrato da modalidade. O valor pode ser de 10% da carta, ou por aí adiante. Em caso de empate, a consorciadora usa critérios de desempate, também presentes no contrato.

Quais fatores influenciam no sucesso do lance?

Apenas dois: valor e timing. O valor é autoexplicativo, pois, como apontamos anteriormente, apenas o maior lance é recompensado com a contemplação. Mas é o segundo fator que exige maior atenção: o timing.

Não há dúvidas de que existem momentos mais adequados para a oferta de um bom valor. Geralmente, esses períodos oportunos são os momentos de maior vulnerabilidade econômica.

Por exemplo, ofertar um lance grande no final do ano, que é um período de bonificações, 13º e afins, pode não ser tão eficiente quanto ofertar um bom lance no primeiro bimestre do ano, que é um intervalo repleto de obstáculos econômicos, como a ressaca financeira das festas, a compra de materiais escolares, o pagamento de impostos etc. Além disso, pode ser importante contar com uma assessoria ao seu lado, garantindo a realização de um bom lance do consórcio. 

Para isso, você pode contar com a Valiant, acessando nosso portal e falando com a nossa equipe!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

3 Comentários

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.