o que é placa mercosul

O que é Placa Mercosul e como ela funciona? Confira!

Se você já sabe o que é placa Mercosul já deve estar ciente se deverá fazer a mudança ou não. Mas, caso ainda não tenha plena certeza, deve se informar o quanto antes. O modelo está valendo desde janeiro de 2020 e todos aqueles que desejarem podem fazer a mudança. Para isso, basta observar se seu estado já está integrado ao novo sistema.

Neste artigo mostramos do que se trata esse novo modo de identificação de veículos automotores. Ao percorrer a leitura, você ficará informado sobre a obrigatoriedade de mudança e saberá se deve fazê-la ou não. Ao final, você conhecerá o modo de se proteger por meio da carta verde e documentos necessários para adentrar os países do bloco. Interessou? Então confira!

O que é placa Mercosul?

A placa Mercosul é o novo padrão de emplacamento de veículos automotores adotado pelo Brasil. Como forma de padronizar a identificação nos países que compõem o bloco, o país resolveu adotar o mesmo sistema até mesmo para facilitar o trânsito entre os países membros do bloco.

Sua implantação se deu definitivamente a partir de 30 de janeiro de 2020. No entanto, esse não foi o prazo inicialmente apresentado pelo legislativo brasileiro. A opção desse tipo de emplacamento estava prevista para dezembro de 2018. Mas como nem tudo é perfeito, a implantação acabou atrasando em dois anos por conta da apresentação de liminares que acabaram por adiar a proposta.

Inicialmente os estados do Rio de Janeiro, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Espírito Santo aderiram ao novo modelo. Outros estados seguiram a mesma linha e os que ainda não o fizeram deve solicitar entrada no sistema. A ideia inicial é que a padronização esteja totalmente estabelecida até o ano de 2023.

Quem precisar aderir ao novo modelo de placa?

A troca da placa não é obrigatória para todos que já possuem veículos. No entanto, em alguns casos o emplacamento só pode ser feito no novo modelo. É o caso de automotores novos. Quando ele é saído direto da concessionária só o pode fazer com a nova modalidade de identificação.

Outra momento em que é obrigatório aderir ao novo padrão é quando a placa existente sofre algum tipo de avaria. Quando da colocação da nova placa, esta já deve ser no novo modelo. Ainda, se a placa for furtada (obviamente não mais existirá), também deve ser substituída pela nova identificação.

Também existe a obrigatoriedade de nova implantação em alguns casos administrativos. Um deles é se o veículo passar por uma mudança de categoria. Outro caso também é em relação à troca de domicílio do automotor (cidade ou estado). Nesses dois casos a mudança para a nova placa será obrigatória. E claro, caso o proprietário queira por livre e espontânea vontade aderir ao novo modelo, poderá também.

Quais são as características da nova placa?

Em relação ao tamanho, nada mudou. Assim como o modelo antigo, as novas placas têm dimensões de 13 centímetros de altura por 40 centímetros de comprimento. Inicialmente houve a preocupação de que as placas seriam mais largas (como as da União Europeia, que medem 52 cm de largura), sendo necessárias adaptações aos veículos. Caso haja necessidade de redução, o Denatran autorizou que seja feita em até 15%.

Quanto ao código alfanumérico da placa, permanecerão os sete dígitos. No entanto, a configuração não é mais a mesma. Ao invés de ser composta por três letras e quatro números, a nova placa possuirá quatro letras e três números.

Além disso, a disposição também é diferente, não havendo mais a obrigatoriedade dos letras estarem antes dos números: eles podem ser todos embaralhados. Isso permite um maior número de combinações possíveis, de 175 milhões do modelo antigo para 450 milhões.

Do que se trata o seguro carta verde?

Para que seja possível transitar com um carro ou moto estrangeiros em países do Mercosul, é necessário estar em posse da chamada carta verde. É ela que autoriza o veículo a trafegar. Trata-se de um seguro pessoal que cobre danos a terceiros, tanto físicos como materiais.

Para retirar o documento, basta entrar em contato com sua seguradora e fornecer alguns dados para o corretor de seguros. Em pouco tempo (por volta de trinta minutos) o documento já pode ser emitido. Juntamente com ele, existe a taxa de pagamento a qual valida sua obtenção.

Coberturas

O principal objetivo de uma carta verde é segurar eventuais danos a terceiros que possam vir a ter seu veículo incluso. A cobertura pode ser física, material ou as duas ao mesmo tempo. É importante observar qual o tipo de carta verde está sendo adquirida para que não ocorra surpresas desagradáveis em caso de necessidade de acionamento do serviço.

Preço

O valor a ser pago para estar plenamente coberto vai variar de acordo com as proteções contratadas e, principalmente, com o prazo de cobertura. Logicamente, quanto maior for o período, mais alto será o valor pago pela carta. Em média, para prazos de até uma semana, o valor do seguro fica entre R$ 50,00 e R$ 100,00.

Itens descobertos

Como a carta verde é um seguro de pessoas, ele não irá cobrir qualquer sinistro material ocorrido com o veículo. Ou seja, caso venha acontecer um problema mecânico com o automotor (decorrente de acidente ou não), este não contará com a proteção da carta. Assim, é recomendável que seja feito um seguro estendido que também cubra eventuais danos materiais do veículo, além do seguro de pessoas fornecido pela carta verde.

Antes de optar por uma eventual troca é recomendável que você saiba o que é placa Mercosul. Esse conhecimento é válido para entender alguma condição na qual seja necessário realizar a substituição da identificação do veículo.

Além disso, trafegar pelos países do bloco com seu carro requer a obtenção da carta verde. Em contato com sua seguradora você pode obter o documento facilmente. O mais importante é estar sempre protegido contra qualquer eventual infortúnio que possa vir a acontecer.

Compreendeu as mudanças do novo modelo de identificação de veículos? Entre em contato conosco e contrate sua carta verde quando viajar pelos países do Mercosul!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.