vender-carro-pela-internet

Como vender carro pela internet sem perder dinheiro?

Afinal de contas, como vender carro pela internet sem tomar prejuízo? Essa é uma curiosidade recorrente para muitos dos nossos leitores. Ainda que os canais digitais sejam seguros e eficientes, nem todos estão habituados com essas possibilidades.

Por isso, aproveitamos o momento para elaborar este artigo especial sobre o tema. O nosso objetivo é instruir a melhor maneira de fazer essa transação, destacando dicas e práticas para aumentar tanto a sua margem de lucro como a atratividade dos seus anúncios. Então, não perca tempo e acompanhe!

As várias plataformas que permitem vender carro pela internet

Seja para comprar, vender ou trocar, a internet está repleta de soluções para facilitar a sua vida. Tratando-se de carros, existem vários portais disponíveis para essas transações, entre os quais destacamos as redes sociais e as plataformas de anúncios.

Ambas permitem a publicação de anúncios, que serão vistos pelos consumidores, atraindo a atenção dos interessados e implicando na venda. Agora, conheça essas duas possibilidades!

Plataformas de anúncio

As plataformas de anúncios podem ser tanto especializadas no setor automotivo como abertas ao amplo mercado, a exemplo da WebMotors e da OLX, respectivamente. Nos dois portais, você pode elaborar um anúncio para o seu veículo, apresentando fotografias, descrição, preço, características e especificações. Por contarem com grande audiência, a depender do seu modelo, esses portais agilizam bastante o tempo necessário para a venda.

Redes sociais

Assim como nas plataformas de anúncio, as redes sociais também podem ser um ambiente propício para a venda. Nesse cenário, o anúncio pode ser publicado no feed do seu perfil pessoal ou em grupos de compra e venda da sua região.

Redes sociais como o Facebook chegaram a introduzir funcionalidades como o Marketplace, facilitando a interação comercial dentro do site. No entanto, vale lembrar de que o ambiente das plataformas de anúncio tende a ser um pouco mais seguro e oportuno para essas transações.

A importância da cautela nesse tipo de transação

Seja para comprar ou vender, qualquer transação on-line exige uma boa dose de cautela. Estando na posição de quem vende, você deve prestar atenção especial às informações que publica em seu anúncio, pois acima de tudo você deve prezar pela transparência.

O objetivo é elaborar um anúncio que satisfaria caso você fosse o comprador interessado, ou seja, com informações honestas e objetivas. O veículo tem algum detalhe, problema ou imperfeição que merece ser notado? Então, não hesite e conte no anúncio.

Além disso, é importante definir lugares e formas seguras de concluir a transação. Tratando-se de veículos, tanto novos como usados, toda a operação é encerrada com a transferência em si, que envolve o repasse de documentos e autenticações em cartório.

A possibilidade de aumentar a sua margem de lucro na venda on-line

De uma maneira geral, a venda on-line tende a ser mais vantajosa do que para um lojista local. Basicamente, isso acontece porque você está negociando de pessoa física para pessoa física. Quando vende para um lojista, ele aborda a transação sob o ponto de vista de um negócio.

Isto é, ele precisa de uma margem de lucro própria, pois não utilizará o veículo para si, mas para a revenda. Nesses casos, o veículo costuma sair consideravelmente abaixo da tabela FIPE. No entanto, existem algumas dicas para melhorar a sua margem de lucro por meio da venda on-line. Veja!

Revisão

A começar pela conservação do veículo. No ambiente virtual, você precisa ser transparente justamente para minimizar as curiosidades dos compradores e acelerar o processo de venda. Por isso, a nossa primeira recomendação é sobre a importância da revisão prévia.

Tecnicamente, esse é um procedimento de check-up do veículo antes de anunciá-lo. O objetivo disso é identificar todos os possíveis problemas técnicos existentes e corrigi-los antes da publicação do anúncio.

Caso deseje evitar gastos e queira apenas vender o carro sem realizar os reparos, é importante salientar esses detalhes na descrição. Com essa abordagem, você evita a decepção do futuro proprietário, além de evitar transtornos e incômodos após o fim da negociação.

Fotografias

Figurativamente falando, uma imagem vale mais do que mil palavras, principalmente por ser o ponto focal da atenção do consumidor na busca por um carro. Por isso, não importa o quão bem escrita seja a sua descrição, fotos ruins afastam compradores em potencial.

Para ampliar o número de contatos, você precisa investir tempo na produção de boas fotos, capturando ângulos que valorizem a estética do seu carro, enquadrando imagens externas e internas, focando em detalhes como manoplas, painel de instrumentos, bancos, motor, rodas, faróis, lanternas, grades e afins.

Plataforma

A escolha da plataforma pode ser determinante para o número de contatos interessados. Nesse sentido, você pode escolher duas rotas, inclusive simultaneamente. O primeiro tipo é a segmentada, ou seja, com público e ferramentas voltadas ao mercado automotivo.

Nesse exemplo, destacamos portais como WebMotors, iCarros e por aí adiante. A segunda abordagem é a seleção de uma plataforma generalizada, com filtros de pesquisa para o público automotivo. Aqui, entram portais como OLX e MercadoLivre.

Em comum, todas essas soluções oferecem planos e recursos pagos para a alavancagem dos seus anúncios, aumentando a sua exposição, tempo de topo e por aí adiante. A depender do modelo, pode ser interessante investir nessas funcionalidades, principalmente quando pensamos em veículos de maior valor e menor demanda.

Precificação

Por último e talvez mais importante, a definição do preço certo. Aqui, é importante identificar o real valor do modelo, recorrendo a índices que são referência em todo o mercado, como a tabela FIPE. Partindo disso, você pode realizar um micro ajuste no preço, considerando diferenciais ou defeitos na precificação.

Por razões óbvias, qualquer modelo vendido a um preço excepcionalmente mais alto do que o normal afastará os consumidores. Por isso, é importante considerar tanto os preços dos outros anúncios da mesma faixa (modelo, ano e motorização) como as características próprias do carro, mas evitando se afastar da média.

Como pôde ver, vender carro pela internet não é uma tarefa difícil, oculta ou complicada. Então, aproveite o momento para espalhar essas noções entre os seus amigos e familiares compartilhando este post nas redes sociais!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.